quinta-feira, 16 de maio de 2013

InFerno ou InVerno astral



“InFerno Astral ou InVerno astral?”.
Todo mundo já ouviu falar e sabem que inferno astral é aquele período antes do aniversário, aonde tudo vai mal, nada anda, etc.
Mas…o que é mesmo inferno astral?
Então vejamos…
Inferno astral é uma expressão popular que tem uma conotação negativa, até mesmo religioso porque se há um inferno, há de ter um paraíso, e designa o período que antecede o nosso aniversário. Fase em que a nossa energia fica recolhida em busca da autopreservação.
Tá…Você agora está se perguntando que história é essa de “inverno astral”?
Este termo refere-se a um momento em que estamos nos preparando para um novo nascimento. Essa fase é delicada e pede que façamos esse mergulho interior para que possamos nos deparar com nós mesmos e reavaliar o que foi vivido e projetar o que estará por vir.

Então vejamos como isso funciona:
O período que antecede o aniversário também é um final de ciclo. Se você observar cuidadosamente, os finais de ciclo são épocas desgastantes. Sendo assim, o "inverno astral" ou o fechamento do ciclo. É preciso "hibernar". É preciso voltar-se para dentro, para, finalmente renascer.
Quando o Sol Anual retorna ao local ocupando a data de nascimento vivemos um recomeço. A primavera tão clamada por aqueles que experimentam o renascer. Esse período dura 3 signos tendo o Sol Natal como marco zero para dividirmos as quatro estações. O verão, o outono e o inverno seguem esse mesmo raciocínio. Portanto o inverno será formado pelos 3 signos que antecedem o nascimento. Durante esses signos a nossa energia individual vai se recolhendo gradativamente até alcançar o seu ponto de mutação, podemos com isso fazer uma analogia com a distribuição das casas zodiacais onde a 1ª fase do inverno culmina com a casa 10, onde temos a notoriedade como clímax; a 2ª fase do inverno corresponde a casa 11, onde a fraternidade é a tônica vivencial e a 3ª fase do inverno associa-se a casa 12 onde você entra  em contato com a espiritualidade, onde você é levado a compreender as realidades incorpóreas da vida.
Os 30 dias que fecham o ciclo podem nos revelar como podemos preparar um renascimento que esteja em total sintonia com o nosso objetivo evolutivo.
Vejamos como isso é possível.
Usando uma contagem regressiva, do 30º ao 20º dia vivenciamos do contato com a própria espiritualidade instrínscica a todos nós.
Do 20º ao 10º dia vivenciaremos o ponto mais interessante de todo esse período, é justamente nesse momento que experimentamos o contato com as forças secretas do nosso inconsciente já vislumbrando o nosso novo rumo evolutivo.
Nos 10 últimos dias vivenciamos a fase do eclodir onde experimentamos a força de transmutação, o desapego total com o ciclo anterior e a expectativa do próximo.
O que não é necessariamente ruim.
Assim, não se deixe influenciar pelos ditados populares, e viva este período como sendo de recolhimento, de meditação, de interiorização.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...