segunda-feira, 17 de agosto de 2015

CURA EMOCIONAL NOS RELACIONAMENTOS ATRAVES DA MESA RADIÔNICA.





Você sabia que a energia dos chakras podem afetar seus relacionamentos? Assim como cada chakra tem energias únicas, os aspectos dominantes de um chakra bloqueado ou desequilibrado também pode enfatizar um relacionamento. Você tem sete chakras principais, ou interseções de energia em seu corpo etéreo que corresponde e se comunica com o seu corpo físico. Cada chakra influencia diferentes aspectos de sua vida, incluindo seus relacionamentos afetivos.

Se você tem uma amizade ou está em um outro relacionamento que tem resistido ao poder do tempo, é através da Mesa Radiônica que poderá entender claramente o que cada um precisa para se sentir valorizado e compreendido dentro dos parâmetros da relação, oferecendo insights sobre as dinâmicas fundamentais energéticas da relação e que pode ser utilizada para trazer o amor duradouro e incondicional. Ao abrir os canais de comunicação através de orientação intuitiva você será capaz de ver seu parceiro em uma nova luz, permitindo que ao seu relacionamento elevar-se em um nível de intimidade espiritual.

De acordo com algumas tradições orientais, o chakra que é mais ativo ou desequilibrado vai ditar a natureza do relacionamento. Se você está em um relacionamento baseado no Chakra Básico por exemplo família, dinheiro e problemas de segurança podem sempre surgir.

As dificuldades sentidas por este casal são refletidas pelos chakras disfuncionais que corresponde diretamente a essas dificuldades.


A avaliação inicial na mesa radiônica é medindo os chakras do casal determinando o tipo de energia em que está baseado no relacionamento. As diferenças de sintonia entre o que os chakras comungam é que podem trazer dificuldades a relação. Com a Mesa Radiônica podemos trabalhar nosso relacionamento através dos chakras e alcançar níveis mais elevados. Quando são ativados pelos centros superiores, os inferiores abrem por si mesmos também.





De acordo com os Vedas, há sete tipos de chakras e eles acreditam que existam 7 tipos de relacionamentos que podemos experimentar em nossas vidas. Como eles se relacionam?



1. O chakra básico.

Seu chakra básico conecta a seus instintos primitivos. Alguns chamam de chakra da sobrevivência ou de chakra sexual. Relacionamentos movidos pelo chakra básico tendem a sofrer muitos altos e baixos e são repletos de contradições por causa de uma dependência emocional e por isto nunca conseguem encontrar o equilíbrio certo.

A única maneira de mover-se de um relacionamento chakra Básico é eliminando as características ruins (egoísmo, ego, ganância, orgulho, raiva etc.) e desenvolver os seus benevolentes (honestidade, integridade, bondade, carinho, otimismo etc.).



2. O chakra umbilical.

O chakra umbilical é o centro de energia espiritual do corpo, do sentimento e da sexualidade. Ele está conectado à felicidade e confiança. O casal chakra umbilical deixa seus sentimentos fluírem livremente e estão abertos à intimidade.

 Se o Chakra Umbilical estiver desativado o casal tende a ser frio ou indiferente e não muito aberto ao outros. Se este chakra for muito ativo, o casal tende a ser emocional todo momento. Você se sentirá emocionalmente ligado às pessoas e pode ser muito sexualmente ativo.


3. O chakra do plexo solar.

O chakra do plexo solar é o ponto de energia relacionado com ambições e metas. Ele nos fala da afirmação em grupos. O casal plexo solar é o casal poder. Eles querem prestígio, fama e respeito da sociedade.

Quando está aberto, o casal tem suficiente auto estima e controle sobre si mesmos.

Quando o Chakra Umbilical é sub ativo, você tende a ser passivo e indeciso. Um dos parceiros não tem o que deseja.

Se este chakra for super ativo, ambos tende a ser dominadores e provavelmente até mesmo agressivos uns com o outros.


4. O chakra cardíaco.

As relações chakra cardíaco são as mais favoráveis ​​porque as partes envolvidas querem a felicidade para o mundo em torno deles e acredita na caridade.

O Chakra do Cardíaco é sobre o amor, a bondade e a afeição. Quando está aberto, você é piedoso e amigável e trabalha-se em relacionamentos harmoniosos.

Quando Chakra do Cardíaco está bloqueado o casal é frio e distante.

Se este chakra estiver super ativo, um dos parceiros, ou ambos tende a sufocar com seu amor e provavelmente por razões completamente egoístas.


5. O chakra laríngeo.

Este é o casal mais raro de encontrar. Eles tendem a ser talentosos e poéticos e sentem o mundo com os seus sentidos. São intuitivos e vivem em harmonia com o planeta.

O Chakra da Laríngeo é sobre a auto expressão e o falar. Quando está aberto, o casal não tem nenhum problema para expressar-se.

Quando este chakra está sub ativo, ambos tendem a não falar muito. Contar mentiras pode bloquear este chakra.

Se este chakra for super ativo, o casal tende a falar demasiadamente, geralmente domina o outro e mantêm-se à distância, procurando não ouvir o outro. 


6. O chakra frontal.

O casal com forte ligação do chakra frontal possuem uma harmonia espiritual profunda com o outro. Esta relação também é rara. Estes relacionamentos são como aqueles em que você está provavelmente atraída por um amor platônico. É um tipo muito especial de amor.

O Chakra do Terceiro Olho é relacionado a introspecção e visualização. Quando está aberto, o casal é guiado pela intuição. Existe uma profunda conexão entre eles.

Se for sub ativo, ambos são rígidos em seus pensamentos e se confundem muito fácil.

Se este chakra for super ativo, o casal pode viver em um mundo de fantasia.


7. O chakra coronário.

O casal chakra coronário alcança o nível mais elevado de amor. Eles se entregam com total confiança e lealdade.

Quando este chakra está aberto, ambos são completamente cientes do mundo a sua volta e de si mesmo.

Se for sub ativo, o relacionamento não está muito ciente da espiritualidade.
Se este chakra for super ativo, a espiritualidade se torna o ponto principal, ignorando suas necessidades corporais.


Solicite uma avaliação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...